sábado, 1 de abril de 2017

LEON S KENNEDY SERÁ UMA MULHER EM NOVA ADAPTAÇÃO DA NETFLIX


Faz muito tempo que surgiu a notícia sobre o interesse em criar uma série baseada no universo Resident Evil, sendo ela criada pela franquia de live-actions Paul W.S. Anderson, logo após o lançamento do capítulo final.

Agora, depois do lançamento do último título, The Final Chapter, Paul Anderson finalmente revelou detalhes sobre a nova adaptação, feita em nome da Capcom em parceria com a Netflix, cujas filmagens estão prestes a começar.

Paul Anderson explicou que o seriado será um "reboot" dos filmes, que será mais fiel à obra original e será uma sequência direta do primeiro filme de 2002, focando no incidente em Raccoon City, mas invés da ideia original, Resident Evil 2, o game terá apenas uma protagonista, e não, não é a Claire Redfield.

Leon S, Kennedy será uma versão feminina chamada Leona, e seu objetivo na cidade é impedir que seus amigos sejam dizimados pelos zumbis, que portarão armas brancas e até mesmo de fogo, ao mesmo tempo que encontra Alice e até mesmo o arqui-inimigo de Jill Valentine, o Nemesis. O objetivo é fazer algo que ele nunca tinha feito antes.

Paul explicou que isso é pra levantar a importância de personagens femininas em momentos de ação, e a melhor maneira é escolhendo um dos personagens mais icônicos dos jogos e transformá-lo em um símbolo feminista.

A série está planejada para ser lançada no segundo semestre do ano que vem.